Notícias

Economia

Confiança do empresário da indústria atinge melhor nível em mais de quatro anos

Brasil Econômico

Economia

Confiança do empresário da indústria atinge melhor nível em mais de quatro anos

Segundo levantamento da CNI, indicador sobre otimismo do setor chegou a 56,5 pontos em novembro e ficou 2,5 pontos acima de sua média histórica

Os resultados econômicos dos últimos meses fizeram a indústria se mostrar mais otimista com o futuro do País em novembro. Segundo dados divulgados pela Confederação Nacional da Indústria (CNI) nesta quinta-feira (23), o Índice de Confiança do Empresário Industrial (ICEI) registrou alta de 0,5 ponto na comparação com outubro. Com isso, o indicador chegou a 56,5 pontos e atinge o melhor resultado desde abril de 2013, período do início da crise.

O resultado faz o indicador permanecer acima da média histórica de confiança industrial, de 54 pontos. Segundo o levantamento da CNI, a indústria extrativa foi a mais confiante no mês de novembro, atingindo a marca de 57,5 pontos, um ponto acima da média histórica do segmento. A indústria de transformação registrou 56,9 pontos. A área da construção também está acima da média, registrando 54,4 pontos.

De acordo com a CNI, o otimismo dos empresários do setor industrial está ligado à melhora da percepção sobre as condições atuais dos negócios e da economia. "Há a redução nos juros, da inflação e do desemprego. A economia está em um momento melhor do que há seis meses", explica o economista da entidade, Marcelo Azevedo. O Índice de Condições Atuais, por exemplo registrou alta de 1,1 ponto na comparação com outubro , registrando 51,5 pontos.

Neste componente, a avaliação sobre a própria empresa foi a que registrou a mais alta, de 1,2 ponto, passando para 51,9 pontos. Ao mesmo tempo, o Índice de Expectativas para os próximos seis meses ficou em 58,9 pontos, em novembro. O componente teve alta de 0,1 ponto na comparação com outubro e foi influenciado, principalmente, pela avaliação a respeito da economia, que atingiu 55,2 pontos, com alta de 0,3 ponto.

Os indicadores da pesquisa da CNI sobre o otimismo de empresários da indústria variam entre zero e 100 pontos. Quando a pontuação supera a marca de 50 pontos, o setor demonstra que está confiante com a economia. Por outro lado, quanto está abaixo deste número, indica que está pessimista. A pesquisa foi realizada entre 1º e 14 de novembro, com 2.980 empresas em todo o País, sendo 1.162 de pequeno porte, 1.129 de médio porte e 689 de grande porte.